Gestão de RH: Identifique, e Valorize, os Talentos de Sua Empresa!

Encontrou o funcionário que faz a diferença em sua equipe? Comece hoje mesmo a prepará-lo para crescer em sua empresa

Por InfoMoney,

Em pequenas ou grandes empresas, o problema pode acontecer da mesma maneira: são apostadas todas as fichas em um funcionário e, depois de algum tempo, ele não corresponde às expectativas ou mesmo opta por mudar de emprego.

Diante da verdadeira crise que pode ser vivenciada nesta hora, dependendo da extensão das suas tarefas e da sua função perante a equipe, são praticamente obrigatórias algumas perguntas: tal fato poderia ser previsto ou evitado? Como minimizar o efeito de ocorrências como estas?

Gestão de talentos

Em primeiro lugar, a empresa deve ter consciência de que tem feito um trabalho de desenvolvimento de seus talentos. Isso significa identificar dentro do grupo pessoas com potencial para o aprendizado, interesse pela atividade, boa postura e perfil para o crescimento. Diante disso, é começar a treiná-lo!

A tarefa, que num primeiro momento parece simples, demanda tempo e esforço de ambas as partes: em relação à empresa, muitas horas serão investidas neste projeto, que envolve muito diálogo, observação e acompanhamento. Já por parte do talento em questão, pode significar, em algum momento, uma cobrança maior por resultados, que na verdade tem apenas o objetivo de direcioná-lo da melhor forma.

Pense no futuro

É importante que a empresa planeje a trajetória de seus funcionários. Isso significa apostar nos talentos de hoje e nos de amanhã também! O trabalho não é fácil, mas deve ser iniciado o quanto antes.

Deve ser evitada, mesmo em empresas pequenas, a estratégia de depositar toda a expectativa e confiança em apenas um membro de sua equipe. É preciso identificar novas potencialidades e desenvolvê-las. Isso proporciona aos funcionários chances de crescimento dentro da empresa, aumentando o grau de motivação. Afinal, responda: quem, no emprego, gosta de ficar parado na mesma posição, sem chances de evoluir na carreira?

Focando-se nos talentos de hoje e nas "promessas" para o futuro, a empresa consegue realizar um planejamento melhor do trabalho no longo prazo. Qualquer mudança súbita em seu quadro de funcionários será melhor administrada pela equipe, que se sentirá mais forte para superar os momentos de crise.

De olho na liderança

E quando se pensa em talento, o que lhe vem à mente? É importante analisar bem o perfil de seus funcionários, e isto significa proximidade: acompanhar de perto o trabalho desenvolvido, a forma como cada integrante do grupo encara os desafios e soluciona problemas e, principalmente, sua relação com a equipe. Tudo isso compõe a liderança.

Especialistas em Recursos Humanos têm destacado a mudança quanto à definição de líder, que não deve mais ser vinculado somente aos cargos de chefia.

Ser um líder, hoje, significa ser capaz de obter bons resultados com a participação de outras pessoas, assumindo um papel importante na motivação do grupo e na realização das tarefas, impulsionando cada funcionário a dar o seu melhor, estimulando a criatividade e a inovação.

Para isso, o envolvimento no trabalho é característica primordial neste novo líder. A sua paixão pelo que faz contamina os outros da equipe que, sem qualquer necessidade de pressão ou cobrança, serão conduzidos aos resultados. Este é o ideal de qualquer grupo de trabalho, ter espaço para desenvolver suas tarefas sem se sentir oprimido com isso, certo?

Fator tempo

Pois bem, conhecidas as vantagens, é preciso que a empresa esteja alinhada com os seus objetivos: saiba que está fazendo a coisa certa e que toda essa dedicação tem um propósito, que demanda tempo e esforço. Não se trata de perda, mas sim de investimento!

É necessário também preparar bem os profissionais envolvidos nesta missão. Os que ocupam hoje funções de coordenação, por exemplo, devem acompanhar de perto o processo e precisam ter perfil para isso. Identificar um talento em seu setor não deve significar uma ameaça, mas sim a oportunidade de compartilhar experiências e promover o aprendizado.

O exercício não é fácil e não se resolve de um dia para o outro. Entretanto, o resultado valerá a pena e é isto que se deve ter em mente. Trata-se de uma troca, onde funcionário e empresa precisam fazer sua parte. O trabalhador, correspondendo às expectativas e encarando os novos desafios, e a companhia, independente do seu porte, oferecendo ao novo talento elementos que o motivem a apostar neste caminho!


Fonte: MSN DINHEIRO
Fonte da imagem: Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Informações

Sobre a ACTIO

A ACTIO é uma consultoria empresarial que transforma suas ideias em realidade baseado nas necessidades de seus clientes.

Saiba mais...
Vamos ver

Downloads ACTIO, aproveite para baixar materiais, planilhas, ebooks, tudo para ajudar VOCÊ e SUA EMPRESA.

Descubra
Proposta

Se VOCÊ gostou do que temos, vamos ao trabalho? Solicite sua proposta e veja como podemos ajudar VOCÊ e SUA EMPRESA.

Solicite

Receba nossas atualizações